terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Cineclube Roncador exibe última sessão de 2011

O Cineclube Roncador apresenta nesta quarta, 07, a última sessão do ano com o longa "Utopia e Barbárie" e o curta metragem "Ensino Vocacional" com duração de 9 minutos.

O filme Utopia e Barbárie, dirigido por Silvio Tendler fala da geração que viveu as revoluções de esquerda e da contracultura, as guerras de independência na África e na Ásia, a guerra do Vietnã, as ditaduras latino-americanas, a queda do muro de Berlim e a disseminação da globalização e do neoliberalismo.
Uma revisão sobre os eventos políticos e econômicos que, desde a 2ª Guerra Mundial, elevaram o risco do desaparecimento dos sonhos de igualdade, justiça e harmonia.

A última sessão acontece na sala 217 do campus II da UFMT (Barra do Garças) a partir das 16h30. 
Após a sessão os participantes estão convidados a confraternizarem com os cineclubistas encerrando as atividades de 2011.
 A entrada é gratuita!

Ficha Técnica

Título: Utopia e Barbárie
Lançamento: 2010
Direção:Silvio Tendler
Duração:120min
Gênero: Documentário
Elenco: Amir Haddad, Chico Diaz, Letícia Spiller e Augusto Boal

Participe!!

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Cineclube apresenta "A Negação do Brasil"


O Cineclube Roncador apresenta nesta quarta, 30, o filme "A Negação do Brasil" com uma temática especial em comemoração do mês da Consciência Negra.
A sessão será exibida na sala 217 do campus II da UFMT a partir das 16h30.

A entrada é franca!
Ficha Técnica:
Título: A Negação do Brasil
Lançamento: 2000
Direção: Joel Zito Araújo
Duração: 91min
Gênero: Documentário
Elenco: Milton Gonçalves, Zezé Motta, Maria Ceiça, Ruth de Souza e Léa Garcia.

Sinopse

O documentário é uma viagem na história da telenovela no Brasil e particularmente uma análise do papel nelas atribuído aos atores negros, que sempre representam personagens mais estereotipados e negativos. Baseado em suas memórias e em fortes evidências de pesquisas, o diretor Joel Zito Araújo aponta as influências das telenovelas nos processos de identidade étnica dos afro-brasileiros e faz um manifesto pela incorporação positiva do negro nas imagens televisivas do país.
Participe!

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Começa hoje a 10ª Mostra Nacional de Audiovisual Universitário em MT



A 10ª Mostra Nacional de Audiovisual Universitário em Mato Grosso acontecerá de 16 a 19 de novembro de 2011, no auditório do Centro Cultural da UFMT, a partir das 19h30. Além das categorias já existentes – independente e universitário – , neste ano haverá a categoria web movie, que premiará os vídeos vindos da internet. O objetivo da Mostra é identificar, reunir, exibir e discutir a produção audiovisual e cinematográfica do país. A entrada é gratuita.

Para mais informações: (65) 3615.8377 ou pelo site http://cinecoxipones.com.br.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Sessão especial do Cineclube exibe o filme "Edison - Poder e Corrupção"

O Cineclube Roncador em parceria com a disciplina de Técnicas de Reportagem e Entrevista do curso de Jornalismo da UFMT, exibe excepcionalmente nesta quinta, 10, o filme Edison - Poder e Corrupção do diretor David J. Burke.

O filme conta  história de Edison, uma metrópole que aparenta oferecer crescimento a todos. Nela vive Josh Pollack (Justin Timberlake), um ambicioso jornalista que está iniciando sua carreira como repórter investigativo em um pequeno jornal comunitário. Após descobrir fraudes na polícia local, Pollack manifesta desejo de publicar a história mas enfrenta a relutância de seu chefe, Moses Ashford (Morgan Freeman). 

O alvo de Pollack é a FRAT, a maior unidade de polícia da cidade, que age no combate ao tráfico de drogas. Sem ter como sustentar sua história, Pollack é demitido. Entretanto ele não desiste de investigar sua descoberta, contando com a ajuda de Wallace (Kevin Spacey), um investigador da promotoria.

A sessão será exibida na sala 217 no campus de Barra do Garças.

A entrada é franca!


Ficha Técnica:
Título: Edison - Poder e Corrupção
Lançamento: 2005
Direção:
David J. Burke
Duração: 92min
Gênero: Policial
Elenco: Morgan Freeman, LL Cool J, Justin Timberlake, Kevin Space e Piper Perabo

Participe!!

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Jogo da memória da história do cinema nacional


O cinema do Brasil existe há mais de 100 anos. Embora nunca tenha chegado a se estruturar plenamente como indústria, o cine brasileiro teve momentos de grande repercussão internacional, como na época do Cinema Novo.

 O site da revista Super Interessante traz um divertido Jogo da Memória para testar se você reconhece as principais obras que marcaram a história da sétima arte no Brasil.

Clique AQUI e faça o teste!

Sete profissões clássicas no cinema


O cinema é uma das formas de arte que melhor consegue representar o homem, o trabalho e a dinâmica de cada profissão. É claro que nem sempre os filmes reproduzem a realidade sem alguns toques de ficção, mas a ideia é conseguir tirar a essência de cada atividade profissional e divertir o espectador. Confira abaixo uma lista com filmes que mostram sete profissões bastante conhecidas no mercado de trabalho: médico, advogado, publicitário, jornalista, policial, professor e psicólogo.

Jornalista

A profissão de jornalista já é figurinha carimbada nas telas do cinema. Esses profissionais já foram retratados das mais diversas formas, desde vilões da imprensa marrom até grandes herois que lutam pela verdade. Para não haver injustiças, o filme selecionado para ilustrar essa profissão conta a história de um foca, como é chamado o jornalista iniciante no jargão do jornalismo. Quase Famosos (EUA, 2000) mostra as aventuras de um garoto de 15 anos que acompanha a turnê de uma banda de rock pelos Estados Unidos. Como repórter da Rolling Stone, revista de música norte-americana, sua missão é entrevistar todos os componentes da banda de rock Stillwater e escrever uma matéria reveladora. O filme retrata de forma divertida como um grupo de rock stars pode dificultar a vida de um repórter, mas também mostra todos os aprendizados dessa jornada.

Veja como as demais profissões são retratadas em filmes na matéria de Ana Luiza Jimenez.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Wim Wenders no Cine UFG a partir de hoje


Em novembro, o Cine UFG franqueia sua tela para um dos principais nomes do movimento que ficou conhecido como Novo Cinema Alemão. Wim Wenders é o homenageado por uma mostra que começa hoje, dia 3, e prossegue até 30, com curadoria do professor Lisandro Nogueira e apoio de Rádio Executiva FM, Facomb/Mestrado e Adufg.

Confira o texto de apresentação da mostra e a programação.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Ensaio sobre a Cegueira

"Ensaio sobre a cegueira encerrando a temática Literatura no Cinema.

SINOPSE:
Uma inédita e inexplicável epidemia de cegueira atinge uma cidade. Chamada de "cegueira branca", já que as pessoas atingidas apenas passam a ver uma superfície leitosa, a doença surge inicialmente em um homem no trânsito e, pouco a pouco, se espalha pelo país. À medida que os afetados são colocados em quarentena e os serviços oferecidos pelo Estado começam a falhar as pessoas passam a lutar por suas necessidades básicas, expondo seus instintos primários.

Adaptação da obra lançada em 1995 do escritor português José Saramago, único ganhador do Nobel de Literatura em língua portuguesa.

"Este é um livro francamente terrível com o qual eu quero que o leitor sofra tanto como eu sofri ao escrevê-lo. Nele se descreve uma longa tortura. É um livro brutal e violento e é simultaneamente uma das experiências mais dolorosas da minha vida."

A ENTRADA É GRATUITA.

Ficha Técnica:

Título: Ensaio Sobre a Cegueira
Título em inglês: Blindness
Lançamento: 2008
Direção: Fernando Meireles
Duração: 120 min
Gênero: Drama

PARTICIPE..

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Semana Científica tem sessões especiais do Cineclube Roncador


A programação é só de curtas-metragens: a maioria dirigida por Jorge Furtado, da Casa de Cinema de Porto Alegre.

Começa nesta quarta, dia 19 e vai até sexta, dia 21, as exibições especiais para a Semana Científica que acontece no Campus da UFMT de Barra do Garças. Desta vez, serão só curtas e cada dia tem uma seleção diferente.

As sessões acontecem em dois horários, sempre logo após as mesas redondas da Semana. Pela manhã, começa às 9h30 até às 10h30 e à noite, das 20h30 às 21h30. O local da sessão é na sala 217. A entrada é gratuita.

Programação: Tema - Casa de Cinema de Porto Alegre - Curtas

Quando: De 19 a 21 de outubro. Manhã (09h30 às 10h30) e Noite (20h30 às 21h30)
Local: Sala 217 - Campus Universitário do Araguaia – UFMT

Quarta-feira
- O que é Cineclube? – 11 min.
- Futebol Filosófico – 4 min.
- Dossiê Rê Bordosa – 2008 – 16 min.
- Esta não é a sua vida – 1991 – 16 min.
- O sanduíche – 2000 – 13 min.

Quinta-feira
- O que é Cineclube? – 11 min.
- A Matadeira – 1994 - 16 min.
- Será que ela vem – 2005 – 1 min.
- Xadrez das cores – 2004 – 22 min.
- Temporal – 1984 – 9 min.

Sexta-feira
- O que é Cineclube? – 11 min.
- Ilha das Flores – 1989 – 12 min.
- Barbosa – 1988 – 13 min.
- Estrada – 1995 – 17 min.
- Veja Bem – 1994 - 9 min.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Festival de Cinema Universitário da Bahia


De 15 a 18 de março de 2012, Salvador se tornará um pólo de discussão, produção e difusão do cinema universitário brasileiro.

Será um Festival democrático aberto a todos os tipos de formatos e experimentações audiovisuais. As inscrições podem ser feitas até 7 de novembro de 2011.

Leia mais.

domingo, 16 de outubro de 2011

Professor nas telas

Lançamentos do cinema brasileiro e norte-americano trazem visões distintas
sobre a docência


De um lado, uma professora "sem classe" interpretada pela atriz norte-americana Cameron Diaz; do outro, uma "muito maluquinha" vivida pela brasileira Paola Oliveira. Duas representações bem diferentes de educadores, de alunos e do ensino básico. Criadas pelo cinema, mas de acordo com circunstâncias e objetivos distintos. Justamente por isso, ambas fornecem matéria-prima para identificar mais uma vez alguns dos estereótipos sobre a escola em circulação na sociedade. Íntegra da matéria de Serigo Rizzo.

Foto: Cena de "Uma professora muito maluquinhaq": busca docente por novos métodos de ensino (divulgação).

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

CineRoncador apresenta o filme "A Revolução dos Bichos"


Excepcionalmente nesta quinta, 13, o Cineclube Roncador exibe o filme "A Revolução dos Bichos", adaptação do livro do escritorGeorge Orwell.

O segundo filme da temática Literatura no Cinema traz, numa alegoria, a corrupção do poder na União Soviética comandada por seu líder Josef Stalin.

Considerada um best-seller, a obra narra a história do fazendeiro Jones, um homem beberrão e cruel que explora seus animais. Revoltados com seu proprietário, eles se organizam em seu lar. De posse da terra, os bichos passam a controlar o lugar, decretando uma série de novas regras.

A sessão acontece na sala 217 do campus II da UFMT a partir das 16:30h e sábado, 15, no auditório do Ceprotec a partir das 17:30h.

A ENTRADA É GRATUITA!

Ficha Técnica:

Título:A Revolução dos Bichos
Título em inglês: Animal Farm
Lançamento: 1999
Direção:John Stephenson
Duração: 89 min.
Gênero: Aventura

PARTICIPE..

domingo, 2 de outubro de 2011

Estreia amanhã na TV Brasil produção portuguesa Equador

A emissora lança no dia 3 de outubro, segunda-feira, às 23h, a série baseada no livro homônimo do escritor e jornalista Miguel Sousa Tavares, sucesso de público da televisão portuguesa. Composta de 30 episódios repletos de romance, política, intrigas e imagens cinematográficas, a história foi rodada em cinco países, envolvendo 120 atores, quase 500 técnicos, milhares de figurantes e produzida pela TVI – Televisão Independente de Portugal.

Foto: Divulgação

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Hoje primeiro filme da temática Literatura no Cinema no Cine Roncador

O Cineclube Roncador exibe hoje o primeiro filme da nova temática, Literatura e Cinema: “O Velho e o Mar” é baseado na obra de Ernest Hemingway e resgata o lado mais clássico do cinema em uma filmagem de 1958 e que continua encantando até heje.

A exibição é ÀS 16h30, no Campus II da Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT , em Barra do Garças. No sábado, dia 1º de outubro, o filme volta a ser apresentado às 17h30, no audItório do Ceprotec, no centro daquela cidade.

Tema das próximas sessões enfoca a Literatura no Cinema

A Literatura está no Cinema nessas próximas três sessões do Cineclube Roncador. Os livros que viraram filmes e que serão exibidos são "O Velho e o Mar"; "Revolução dos Bichos" e "Ensaio sobre a Cegueira".

Com diferentes propostas, as obras literárias são grandes inspiradoras do cinema. O primeiro filme, “O Velho e o Mar”, é baseado na obra de Ernest Hemingway e resgata o lado mais clássico do cinema em uma filmagem de 1958 e que continua encantando até hoje. A exibição é nesta quarta, dia 28 e no dia 1º de outubro.

A animação “Revolução dos bichos” será exibida na semana em que se comemora o Dia da Criança (dias 13 e 15 de outubro). O livro de George Orwell adaptado para desenho destaca a alegoria às condições sociais em uma fazenda onde os bichos assumem o poder.

Para encerrar o ciclo nos dias 26 e 29 de outubro, a obra escolhida foi o premiado livro de José Saramago, “Ensaio Sobre a Cegueira”. A adaptação é feita pelo diretor Fernando Meirelles, que também dirigiu “Cidade de Deus”. Em uma linguagem poética cinematográfica, uma epidemia de cegueira revela o ser humano como ele é.

As sessões dos dias 28 de setembro, 13 e 26 de outubro são no Campus da UFMT de Barra do Barças, às 16:30h. Nos dias 1º, 15 e 29, as exibições são no auditório do CEPROTEC, no centro da cidade de Barra do Garças, às 17:30h.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Cineclube Roncador exibe o filme "Granito de Arena"

O Cineclube Roncador apresenta nesta quarta, 14, o filme "Granito de Arena".

O longa metragem fecha a temática Luta de Classes em que foram apresentados os filmes: "Eles Não Usam Black Tie" e "A Classe Operária Vai Ao Paraíso".

Granito de Arena retrata a história da organização e luta dos professores em defesa da escola pública, assim como por melhores condições de vida e preservação da identidade cultural das comunidades indígenas mexicanas, a partir da mobilização dos trabalhadores do ensino, dos estudantes e seus pais. O filme trata de como a destruição da educação é um projeto articulado a partir de diretrizes internacionais.

A sessão acontece na sala 217 do campus II da UFMT a partir das 16:30h.

A entrada é franca!


Ficha Técnica:

Título: Granito de Arena (Pequeno Grão de Areia)
Título em inglês: Grain Of Sand
Lançamento: 2005 (México)
Direção: Jill Freidberg
Duração: 61 min.
Gênero: Documentário
Depoimentos: Eduardo Galeano e Maude Barlow

Assista o trailer do filme:


Participe!

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Conheça os filmes selecionados para a 11ª. Goiânia Mostra Curtas


A Goiânia Mostra Curtas é um dos mais expressivos festivais de cinema nacional de curta metragem do Brasil, realizado pelo Instituto de Cultura e Meio ambiente (Icumam), com o apoio da iniciativa privada, de governos e de organizações do terceiro setor. Conheça os filmes selecionados.

As inscrições para Oficinas e Seminários estão abertas até 14 de setembro. Acesse aqui a ficha de inscrição.

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Organizadora do Festival Guará faz um balanço do Guará Festival de Cinema Ambiental




por Kárita Carvalho

Neste domingo, 28, terminou a mostra do Guará - Festival de Cinema Ambiental, realizado em Barra do Garças no Campus Araguaia II da Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT. Na oportunidade a organizadora do festival, Caroline Araújo, falou da experiência em trazer o evento para a cidade. Segundo Caroline, o festival foi o primeiro passo para consolidar e ampliar o alcance do cinema na comunidade acadêmica de Barra do Garças. “Nós sentimos a participação da população, por mais que o campus seja distante do centro da cidade, eles vieram”, disse.

Caroline registrou que, apesar de a cidade não possuir um cinema, atividades como essas podem firmar os laços da Universidade e do curso de Comunicação com a comunidade e nutrir novos frutos. Ela ainda ressaltou os valores da região, “A região tem muita história, muita beleza e as pessoas gostam de se verem na tela”, afirmou a organizadora.

Na noite de encerramento do evento, houve apresentação do longa-metragem, “Kalunga”, documentário dirigido por Luiz Elias, Pedro Nabuco e Sylvestre Campe. Após a apresentação, aconteceu a votação dos filmes, em caráter popular.

Encerrando o festival, foram anunciados os vencedores da mostra. O prêmio de Melhor Curta-Metragem foi para “O Gigante do Papelão”, de Barbara Tavares. O Melhor Média-Metragem ficou com o documentário “Uma Aldeia Chamada Apiwtxa", dirigido por Txirotsi Ashaninka. Já o Melhor Longa-Metragem foi o documentário “Tamboro”, do diretor Sergio Bernardes.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Sessão desta quarta apresenta o filme "A classe operária vai ao paraíso"

Nesta quarta, 31, o Cineclube Roncador apresenta "A Classe Operária Vai Ao Paraíso", segundo filme da temática Luta de Classes.

O clássico dirigido por Elio Petri é um dos grandes filmes do cinema polí­tico italiano. O ator Gian Maria Volontè está inesquecí­vel como Lulu, um operário-padrão italiano, que perde um dedo em um acidente de trabalho e é envolvido num movimento de protesto. Ele fica dividido entre as tentações da sociedade de consumo e o movimento sindical, numa radiografia do impasse ideológico de muitos trabalhadores. 

Ao som da brilhante trilha sonora de Ennio Morricone, Elio Petri constrói um estudo seminal sobre as relações de trabalho no capitalismo. Um filme perturbador e muito atual.


A sessão acontece na sala 217 do campus II da UFMT a partir das 16:30h.  

A entrada é gratuita

PARTICIPE!!


Ficha Técnica

Título original: La Classe Operaia Va in Paradiso
Ano de produção: 1971 (Itália)
Direção:Elio Petri
Duração: 126 min.
Gênero: Drama
Elenco: Gian Maria Volontè, Mariangela Melato, Salvo Randone, Gino Pernice, Luigi Diberti, Flavio Bucci, Mietta Albertini, Donato Castellaneta, Renata Zamengo, Giuseppe Fortis
 
Assista um trecho do filme:


sábado, 27 de agosto de 2011

Mesa de debate traz tema sobre os caminhos do audiovisual em Mato Grosso


Neste domingo, 28, o Guará – Festival de Cinema Ambiental, oferece a primeira mesa de debate com o tema: “Novos Rumos para o Audiovisual em MT”.




Caroline Araújo
A mesa conta com a participação de Joubert Lobato, professor do curso de Radialismo da UFMT e ministrante da oficina de Direção de Fotografia e Pós Produção, a organizadora do festival e mediadora do debate, Caroline Araújo, a pesquisadora e mestranda do ECCO/UFMT – Estudos de Cultura Contemporânea, Aliana Camargo e o realizador e membro da Associação Matogrossense de Audiovisual (AMAV), Evandro Birello.

A temática traz uma discussão sobre os novos rumos do cinema em Mato Grosso, como financiamentos, produções e novas plataformas. A organizadora Caroline Araújo afirma que o debate irá focar como está a produção audiovisual e cinematográfica em Mato Grosso nos últimos vinte anos, quais os mecanismos de financiamentos que estão disponíveis e possíveis recursos para “alavancar” uma produção na região.




Prof. Joubert Lobato
Segundo o professor Joubert Lobato, a intenção é que haja um debate com os alunos do curso de Jornalismo e os profissionais que produzem audiovisual em Barra do Garças. "Queremos identificar junto com as pessoas que produzem e trabalham com o audiovisual quais são os rumos, para onde vai essa produção, quais as demandas e necessidades desses produtores."

A mestranda Aliana Camargo, que defende uma pesquisa sobre Documentário na Internet, revela que um dos assuntos discutidos neste domingo é justamente a "escrita audiovisual". "Os rumos e o futuro do audiovisual vai cada vez mais estar nessa plataforma que é a internet e estamos caminhando para a apropriação dessa escrita audiovisual" diz Aliana.

A mesa de debate acontece a partir das 09:00h e a programação do último dia do Festival Guará segue durante o dia com encerramento às 22:00h.
Fotos: Ana Carolina Vilela/ Michelly Matos

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Festival Guará traz mostra de filmes a Barra do Garças


A 2a edição do Festival de Cinema Ambiental inicia hoje, dia 25, às 18h30, na UFMT, unidade de Barra do Garças. Terá mostra de filmes, oficinas, debates, filmes infantis.

Para mais informações sobre os filmes que serão exibidos na segunda edição do Festival Guará, acesse o site do evento.

Veja a íntegra do texto de autoria de Nahida Almeida Ghattas, aluna do 4º semestre do curso de Jornalismo da UFMT/Araguaia.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Inscrições abertas para o Cine Brasil Plural

Vai começar o 1º Festival Virtual Cine Brasil Plural! O projeto, que conta com apoio do M inistério da Cultura, visa incentivar não só a produção de curtas de animação, ficção e documentários em todo o Brasil, como a exibição online e o uso da internet.As inscrições terminam no dia 30 de julho.


Os interessados devem se inscrever em uma das 2 categorias: curtas de animação, cujos vídeos devem ter 70% de seu conteúdo em animação (em qualquer tipo de técnica), e duração entre três e cinco minutos; ou para os curtas livres, com tema e classificação livre, e duração de no máximo de quinze minutos.


sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Eles Não Usam Black-Tie


O Cineclube Roncador reapresenta neste sábado, dia 20, o filme "Eles Não Usam Black-Tie".

O drama dirigido por Leon Hirszman inaugura a temática Luta de Classes e debate assuntos acerca da classe operária no processo político-social brasileiro.

A sessão acontece no auditório do Ceprotec no centro de Barra do Garças a partir das 17:30h 


Contamos com a sua presença!


A entrada é gratuita!!




Assista a seguir o trailer de "Eles Não Usam Black-Tie"






Acesse nossa página no Twitter: @CineRoncador


segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Temática: Luta de Classes




















O Cineclube Roncador inaugura nesta quarta, 17, a temática "Luta de Classes" com a exibição do filme: "Eles Não Usam Black-Tie".

O drama dirigido por Leon Hirszman será exibido na sala 217 do campus II da UFMT a partir das 16:30h.

A entrada é gratuita!!

Ficha técnica:

Título original: Eles Não Usam Black-Tie

Título em inglês: They Don't Wear Black-Tie

Lançamento: 1981 (Brasil)

Direção: Leon Hirszman

Duração: 134 min

Gênero: Drama

Elenco: Gianfrancesco Guarnieri, Fernanda Montenegro, Carlos Alberto Riccelli, Bete Mendes Milton Gonçalves.

Sinopse:

Em São Paulo, em 1980, o jovem operário Tião e sua namorada Maria decidem casar-se ao saber que a moça está grávida. Ao mesmo tempo, eclode um movimento grevista que divide a categoria metalúrgica. Preocupado com o casamento e temendo perder o emprego, Tião fura a greve, entrando em conflito com o pai, Otávio, um velho militante sindical que passou três anos na cadeia durante o regime militar.

Assista o trailer clicando aqui!!

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Barra do Garças recebe a 2ª Edição do Festival de Cinema Ambiental



O Guará - Festival de Cinema Ambiental - está de volta. A segunda edição do evento será entre os dias 25 e 28 de agosto, no campus do Araguaia II da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Barra do Garças, a 500 km de Cuiabá. A programação tem mesas de debate e oficinas de audiovisual e mostra de 27 filmes selecionados que serão exibidos todos os dias a partir das 18h30. A entrada é de graça.


Além da mostra competitiva de vídeo nas diversas categorias da produção cinematográfica, o festival oferece mostra de cinema infantil visando a formação de novas plateias, passeios ecológicos, painéis e palestras para discutir temas ambientais entre acadêmicos, pesquisadores, profissionais do audiovisual e demais interessados, além de mostra cultural com artistas locais.


Concebido em Mato Grosso – um Estado que repercute diariamente as questões ambientais – o festival surgiu da necessidade de se discutir esta problemática de forma lúdica, abordando a imagem do meio ambiente no cinema brasileiro. Para a idealizadora e produtora do festival, Caroline Araújo, “a temática ambiental insere-se como prioritária para a definição de políticas públicas voltadas ao bem estar e, sobretudo, à própria sobrevivência da espécie humana.”


Na sua edição Barra do Garças, o “Guará” homenageia o documentarista brasileiro Jorge Bodansky que possui diversos trabalhos ligados às questões sociais e ecológicas, e o religioso espanhol da Congregação dos Missionários Claretianos, Pedro Casaldáliga, defensor dos direitos humanos, em especial na região de São Félix do Araguaia, em Mato Grosso, onde vive há 43 anos.

Este ano o festival é realizado pela Menina Produções em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso, com apoio do Cineclube Coxiponés e Cineclube Roncador. O patrocínio é da Pró-reitoria de Cultura, Extensão e Vivência (Procev) da UFMT, do governo do Estado de Mato Grosso, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia e da Associação dos Profissionais de Cinema de Mato Grosso.


Informações: www.festivalguara.com.br. (AMAV\ABD – MT)


Fonte: UFMT

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Folha de S. Paulo lança coleção de DVDs do cinema Europeu

O Jornal Folha de S.Paulo lança nova coleção em 25 livros acompanhados por DVDs, nas bancas de jornais, agora com filmes do cinema Europeu, a partir de domingo, dia 7.

Por R$15,90, o leitor pode levar um filme. Veja a lista dos filmes.

domingo, 31 de julho de 2011

Facetas do cinema oriental: Começa hoje mostra de filmes em Goiânia

O Centro Cultural Goiânia Ouro realiza a partir dodia 01 de agosto a Mostra “Facetas do Cinema Oriental”, uma seleção de 17filmes ainda sem distribuição nos cinemas brasileiros, que buscam fazer umpanorama do que há de mais ousado e contundente na produção contemporânea doSudeste Asiático e do Extremo Oriente.

Seleção composta por cineastas de vanguarda docinema asiático contemporâneo, em grande parte ainda bastante desconhecidos dopúblico brasileiro, a Mostra pretende abrir os olhos para uma cinematografiaenigmática, diversificada, exibindo os mais variados gêneros, dos maistalentosos realizadores, dos mais desconhecidos cantos do mundo como Tailândia,Hong Kong, Filipinas, Taiwan, China, Japão, Malásia e Cingapura.


sábado, 30 de julho de 2011

O que é o OCA

O OCA Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual foi criado para subsidiar o planejamento e as decisões da Ancine - Agência Nacional do Cinema, que disponibiliza à sociedade brasileira, aos pesquisadores, ao governo, aos parlamentares e aos empresários dados coletados no mercado desde a criação da agência, dados reunidos de períodos anteriores, análises produzidas pelos nossos técnicos e estudos/pesquisas produzidas no meio acadêmico e por pesquisadores em geral.

Veja abaixo as salas de cinema, por município, existentes em 2000.


sexta-feira, 8 de julho de 2011

Julho é mês de cinema no Cineclube Roncador

O Cineclube Roncador abre a temática: "Caminhos e Descaminhos Ambientais" no auditório do Centro Estadual de Educação Profissional e Tecnológica de Mato Grosso (Ceprotec).

Em três sábados seguidos, os cineclubistas exibem os três filmes da temática: "Encontro com Milton Santos ou O mundo global visto do lado de cá", "O Mundo Segundo a  Monsanto" e "Lixo Extraordinário".

As sessões acontecem entre os dias 09/07, 16/07 e 23/07 a partir das 17:30h.

A entrada é franca..

Participe!

quinta-feira, 7 de julho de 2011

YouTube estreia canal dedicado ao cinema brasileiro



Desde terça-feira (5), internautas brasileiros passaram a ter a oportunidade de acessar vídeos com conteúdos especiais de cinema no canal YouTube/Cinema.


E para inaugurar este canal, o site oferece curtas e vídeos exclusivos dos longas do Paulínia Festival de Cinema 2011, além de entrevistas e cobertura de bastidores do festival, que começa nesta hoje (7) e vai até o dia 14.

terça-feira, 28 de junho de 2011

Ficha técnica:

Ano de produção: 2009
Direção: Lucy Walker
Duração: 99 min.
Gênero: Documentário
Classificação: Livre
Participação: Vik Muniz

Sinopse: 

Filmado ao longo de dois anos (agosto de 2007 a maior de 2009), Lixo Extraordinário acompanha o trabalho do artista plástico Vik Muniz em um dos maiores aterros sanitários do mundo: o Jardim Gramacho, na periferia do Rio de Janeiro. Lá, ele fotografa um grupo de catadores de materiais recicláveis, com o objetivo inicial de retratá-los. No entanto, o trabalho com esses personagens revela a dignidade e o desespero quando sugeridos a reimaginar suas vidas fora daquele ambiente. A equipe tem acesso a todo o processo e, no final, revela o poder transformador da arte e da alquimia do espírito humano.

Prêmios: 

- Sundance - Janeiro 2010
Prêmio do Público de Melhor Documentário Internacional
- Festival de Berlim - Fevereiro 2010
Prêmio do Público de Melhor Documentário - Mostra Panorama
Festival True/False (EUA) - Março 2010
Seleção Oficial
International Documentary Film Festival Amsterdam - Novembro 2010
Prêmio do Público
Mostra Internacional de São Paulo - Novembro 2010
Prêmio Itamaraty de Melhor Documentário

Trailer: